É tudo novo de novo

Todos os dias temos vinte e quatro horas para agir, ser, dançar, cantar. Mudar. Recomeços são mudanças. A gente recomeça porque algo não deu certo, seja por escolha ou por imposição. Acredite em mim: é infinitamente menos doloroso recomeçar por conta própria do que ter que recomeçar porque o destino/acaso quis assim.

tumblr_static_digital-art-tumblr

Eu fico parada diante da folha em branco pensando por onde começar. A voz do Paulinho Moska ecoa no fundo da minha mente, cantando “tudo novo de novo”: vamos começar, colocando um ponto final. Pelo menos já é um sinal de que tudo na vida tem fim. E tem. Mas ninguém nos conta que depois do fim, sempre há um recomeço.

Cada página em branco é um recomeço. Uma nova chance de uma nova história. Milhões de possibilidades pulsando e esperando para ser. Já parou para pensar que podemos ser o que quisermos se nos permitirmos recomeçar? Mas nós, humanos, sofremos do mal do século: dominamos a arte de procrastinar. Todo dia amanhece para um novo recomeço, mas deixamos as mudanças para lá, sempre com desculpas maiores. “Segunda-feira eu começo a dieta”, “ano que vem largo meu emprego”, “amanhã eu faço”, “quando eu ficar rica/magra/loira/famosa…”.

Empurramos com a barriga pensando em amanhãs que serão eternamente amanhãs. Pare e pense. Quantas vezes o amanhã chegou para você? De todas as promessas de recomeços, quantas você realmente pôs em prática? Poucas, não é? Eu não te culpo por isso, porque a minha guerra contra a procrastinação é diária. E foi aí, quando decidi recomeçar um dia por vez, que as coisas começaram a mudar para mim.

Todos os dias temos vinte e quatro horas para agir, ser, dançar, cantar. Mudar. Recomeços são mudanças. A gente recomeça porque algo não deu certo, seja por escolha ou por imposição. Acredite em mim: é infinitamente menos doloroso recomeçar por conta própria do que ter que recomeçar porque o destino/acaso quis assim.

É mais fácil terminar um relacionamento falido, começar um emagrecimento, mudar de emprego se a necessidade de mudança partir de dentro. Se vier de fora, começa no caos. Mesmo que você concorde que o relacionamento não ia bem, mesmo que você concorde que o peso realmente estava fazendo mal à saúde e mesmo que você concorde que o emprego não era o dos sonhos, não foi você que escolheu terminar, adoecer e ser despedida. Então, recomeçar não é fácil – mas é necessário.

Cada página em branco é um recomeço. Uma nova chance de uma nova história. Milhões de possibilidades pulsando e esperando para ser. O que você está esperando para fazer acontecer?

*texto e imagem retirados do blog www.fernandaprobst.com.br, com o consentimento da autora*

Fernanda Probst é praticamente uma hipérbole ambulante. Geminiana complexa, possui o dom da indecisão e do exagero. Engenheira, blogueira, pseudoescritora. Coleciona sorrisos, dentes-de-leão e clichês. http://www.fernandaprobst.com.br www.facebook.com/fernandaprobst