Amigas. A união mais importante na separação

Falar de amigas é falar de carinho incondicional.

girls-girlfriend-spring-friends-friendship-nature

Falar de amigas é falar de carinho incondicional.
Para se ter uma idéia, uma palestra do chefe de psiquiatria da Universidade de Stanford conferiu em estudos que para a saúde física e mental do homem ele precisa se casar. E para a saúde e bem estar da mulher ela precisa cultivar seus relacionamentos com suas amigas, desmistificando a idéia do príncipe encantado para a felicidade da mulher.
Então… No luto da separação ou depois do furacão ter passado, onde as descobertas são intensas os ventos a levam para a famosa frase ” o céu é o limite”, esta mulher sente que se fortalece e encontra um aconchego nos “cafés com amigas”.

Mulheres são felizes quando estão juntas. Debatem, falam abertamente, sem pudor, riem de si mesmas.
Se conectam de maneira diferente dos homens e fornecem outros sistemas de apoio, que ajudam a lidar com esta fase tão conturbada da vida.
O “tempo entre amigas” aumenta o hormônio da serotonina, responsável pela sensação de bem estar.

Elas tendem a compartilhar sentimentos profundos e verdadeiros. É tão importante quanto um exercício físico ou uma terapia. Quando se reúnem e falam não é desperdício de tempo, mas sim, um ganho fundamental para seguir adiante.

Falando sobre o mesmo assunto repetidamente elas encontram apoio em quem realmente está ali apenas para ouvi-las, sem julgo ou conselhos pré concebidos pela sociedade.
É o remédio mais que perfeito poder contar com uma amiga, tanto no processo de chorar e não querer mais nada da vida, quanto no processo de se reinventar olhando o que a vida pode te proporcionar de melhor!

Pensando nisso separamos alguns “mandamentos” para ser uma boa amiga de alguém que está se separando:

  • Ouça. Muito. Sempre. Mesmo que seja a mesma história que ela te contou ontem.
  • Não julgue, dê conselhos sem dar lição de moral. Não precisa. Não agora.
  • Não compare a história dela com a daquela sua outra amiga. Quem está se separando acha que a dor dela é única. E é mesmo. Cada um tem suas dores e seus fantasmas.
  • Não conte segredos ou fofocas. Não fale mal do ex ou conte o que ele tem postado no Facebook.
  • Dê colo quando ela precisar de colo.
  • Dê bronca quando ela precisar de bronca.
  • Leve para sair para algum lugar animado ou para fazer comprinhas.
  • Não economize abraços.
  • Assista um filme de amor e chore junto.
  • Café, café, café e um bom vinho ou tequila também.
  • Ouça mais um pouco.

 

Em uma conversa entre amigas, Ana e Juliana, ambas separadas e Aline, casada, falavam de divórcio e de como esse assunto ainda é visto como um tabu. Existe (acreditem!) muito preconceito e clichês. E só sabe isso quem vive ou viveu um divórcio.