Confissões...

Ah, como eu adoraria confessar tudo isso olhando nos seus olhos, pena que nosso adeus foi tão fugaz.

1-umbrella-beach-rainy-day-waiting-monochrome-violet

Confesso que eu não quis dizer adeus assim, nunca planejei ficar por tão pouco tempo, que o nosso ponto final me doeu muito e às vezes ainda dói.
Confesso que depois de todos os afetos e desafetos eu me recordo de você como alguém que tirou o meu chão, da maneira mais sutil, sem eu ao menos perceber, quando me dei conta já estava totalmente do avesso.
Confesso que ainda imagino nós dois vivendo juntos os sonhos que contávamos nas primeiras ligações, as mesmas que me fazem tanta falta.
Confesso que vira e mexe sinto uma saudade absurda acompanhada do sussurro daquele adeus, e que vez ou outra quando as lembranças boas vêm à tona eu me pego com aquele meu sorriso bobo no rosto, aquele que só você me fazia dar.
Confesso que o seu abraço além de me envolver completamente me salvava de todos os problemas, e você sabe que eu era cheia deles, e por falar nisso você poderia vir aqui me envolver em seus braços só pra me salvar dos incômodos da vida? Ah, como eu adoraria confessar tudo isso olhando nos seus olhos, pena que nosso adeus foi tão fugaz.

Clicia tem 20 anos é solteira e estudante de publicidade, transforma seus mais profundos sentimentos em palavras, sua intensidade as vezes assusta, as vezes fascina. Site : www.cliciachaves.com Contato: cliciadias@outlook.com