Desabafo do leitor 63

Sou a autora do desabafo 39. Um certo dia resolvi desabafar aqui nesta página, estava desiludida, amargurada e desacreditada de relacionamentos.

IMG_9908

Hoje estou de alma leve finalmente consegui me libertar do peso que eu carregava de um amor mal resolvido.

Sou a autora do desabafo 39. Um certo dia resolvi desabafar aqui nesta página, estava desiludida, amargurada e desacreditada de relacionamentos. Já havia desistido de ser feliz com alguém de tanto me decepcionar, resumindo o desabafo 39.

Depois daqueles dias eu ainda o vi e mais uma vez cai nos braços dele, e querem saber? Mais uma vez quebrei a cara. Mas eu precisava fazer aquilo para poder me dar conta de que aquele homem não merecia nem um terço do meu tempo nos braços dele e muito menos o meu amor.

Daquele dia em diante resolvi colocar meu amor próprio em prática e fiz uma lavagem na alma e retirei todo o lixo que ele havia deixado em mim. Chorei, sofri, mas não morri. Ninguém morre de amor, gente!

Se vive de amor.. a gente morre é dos tropeços que cometemos.

Hoje estou feliz com outro alguém, alguém que me ama, me respeita e me dá o devido valor.

Tudo na vida passa, mas até que passe dói muito. Hoje vejo que se a gente soubesse que o que Deus nos reserva é mil vezes melhor do que aquilo que queríamos pra gente, talvez não sofrêssemos tanto. Obrigada mais uma vez à equipe Exnap pelo espaço e pela publicação dos meus dois desabafos.

E acreditem pessoal, nunca percam a esperança de um dia ser feliz a felicidade vem pra todos.

O desabafo do leitor é um espaço seu. Chore, xingue, conte sua história. Desabafe! E se não quiser escrever seu nome, não se preocupe. Aqui você pode ser anônimo.