E aí? Como estão as coisas?

Não aceite menos do que merece, não se envolva apenas para ter a sensação de ter alguém, não faça concessões de caráter ou perfil somente para ter alguém sábado à noite para dividir uma pizza, a vida é bem mais que isso. Se preciso for, sinta-se plena em sua própria companhia, pois estar com a pessoa errada pode boicotar a certa.

WhatsApp Image 2019-08-15 at 22.13.02
Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash

Já se passaram meses, talvez anos e você já saiu do olho do furacão. As visitas dos filhos já não são tão turbulentas, nenhum dos dois fica investigando os filhos pra saber da vida do outro, já largou a vida de stalker e talvez até financeiramente você já esteja mais equilibrada.

Mas me conta, e você? Já fez sua reforma íntima? Já descobriu quais ciclos você deseja romper? Já se perguntou porque o “dedo podre”?

Então, talvez, seja hora de repensar porque você escolhe mal sabendo que você merece mais. Porque você se mete em um relacionamento que sabe de antemão que não é seu perfil.

A prioridade agora é você! Seus filhos vão sobreviver à separação, vão manipular vocês dois de vez em quando para obterem vantagens óbvias, vão dizer que tem esse ou aquele trauma porque vocês se separaram, mas a verdade é que se você desse uma iate de presente para um adolescente, ele diria que é traumatizado por ter sido privilegiado, então relaxe e olhe agora somente pra você!

Não aceite menos do que merece, não se envolva apenas para ter a sensação de ter alguém, não faça concessões de caráter ou perfil somente para ter alguém sábado à noite para dividir uma pizza, a vida é bem mais que isso. Se preciso for, sinta-se plena em sua própria companhia, pois estar com a pessoa errada pode boicotar a certa.

Expectativa é a falência da dignidade humana. Não existe a menor possibilidade de ser plena se você pega a chave da tua felicidade e coloca na mão de qualquer outra pessoa. Antes de ser feliz com alguém, é preciso ser feliz consigo mesma.

Outra coisa que abre Portas como uma chave-mestra é o equilíbrio, em tudo… Nem ao céu, nem ao inferno, fique na terra! Pondere-se, examine-se, reavalie-se e veja no que você pode ser melhor hoje do que foi ontem, quais são suas fragilidades, seus pontos fracos. Porque enquanto você procurar apontar em qualquer pessoa as vulnerabilidades dela, é porque não corrigiu as suas. Vai descobrir com isso algo interessante: quanto mais distintas, equilibradas e sãs nós formos, mais distantes se mantém os idiotas, porque eles se sentem intimidados com a maturidade, com o discernimento, porque sabem instintivamente que uma mulher acelerada demais, falante demais, ansiosa demais, carente demais, não terá tempo de análise, não vai perceber os entraves, não vai observar o suficiente. Nessas condições somos presas fáceis. Vamos atrair tudo que não queremos, porque estamos com a visão embotada.

E por último, pratique o silêncio! Nada de jogos emocionais, nada de pesca sentimental, nada de fazer algo para obter uma resposta que deseja, apenas observe, deixe o outro falar mais que você, não entregue suas expectativas, não diga tudo que quer, porque o outro também está procurando algo e vai tentar se encaixar no seu molde, mas sabemos que isso não dura muito tempo. Não tolere nada, existe alguém, exatamente como você precisa, alguém que vai se encaixar naturalmente no seu perfil, sem ter que aparar tantas arestas, alguém que vai ser seu ponto de equilíbrio e não um trilho fora do eixo.

E se você errar, der uns beijos com o cara errado e passar semanas na fossa porque ele não correspondeu aos seus anseios, chora, chora mesmo, chama uma amiga e se entope de chocolate e pipoca, estamos todas de mãos dadas no erro, não esquenta a cabeça, mas se prepare melhor a cada tombo, porque um dia você vai estar tirando a poeira do último tombo e uma mão gentil vai surgir pra te ajudar a levantar, de maneira despretensiosa, leve e tranquila. E talvez esteja ali seu par ideal. Mas por favor, minha irmã, minha amiga, não se submeta a nada que te torna infeliz! Ninguém nasce pra ser meio feliz!

Não estou dizendo que a vida é no balanço leve do mar calmo e sol todos os dias, mas não precisa ser uma tempestade do alto mar num bote furado.
Lembre-se que temos que ter mais dias bons que ruins, mais motivos pra ficar do que para partir e nunca mais, leia bem, NUNCA MAIS dormir soluçando de tanto chorar!

Separada, superada, sem parada! Apaixonada novamente Dois filhos terríveis e lindos Buscando autoestima e autoconfiança Professora e aprendiz, sempre!