Era tão mais fácil te amar do que viver com essa mágoa...

Te venci pelo cansaço. E você me perdeu pelo mesmo motivo.

image

Era tão mais fácil te amar.
Tão mais simples viver te esperando e aguardando feliz o dia em que eu finalmente veria nos seus olhos que você me amava tanto quanto eu sempre te amei.
Você foi minha maior conquista. Você não me amava nem metade do quanto você me queria. Era tesão. Era posse. Era vaidade. Era qualquer coisa ou um monte de coisas, mas não era amor.
Mas eu teimei. Virou uma questão de honra. Me tornei uma menina mimada que não parava de chorar e gritar até ganhar a mais nova e mais rosa casa da Barbie. Batalhei e lutei com todas as armas. Ajoelhei minha alma no chão te pedindo pra ficar e tentar.
Finalmente você se rendeu.
Te venci pelo cansaço. E você me perdeu pelo mesmo motivo.
Cansei.
Era tão mais fácil te amar.
Me acostumei a suplicar atenção. A acalmar meu peito com migalhas de amor que você deixava pelo caminho.
Bem mais fácil do que viver com essa mágoa que inunda todas as estradas que poderiam levar saudade até meu peito.
E então não sinto nada.
Nem amor, nem dor e nem vontade de voltar pro seu abraço.
Mas a angústia de simplesmente não saber onde foi parar tanto sentimento parece tornar minha vida mais pesada. Tudo fica meio preto e branco.
Cansei de tanta coisa que já nem lembro do que mais gostava em você. Ou de alguma coisa que você fazia que me roubava gargalhadas descontroladas.
Lembro da ausência. E do enorme peso que saiu das minhas costas quando cansei de tentar te provar que eu era a única capaz de te fazer feliz.
Era mais fácil te amar do que ter que acordar todos os dias e me encarar no espelho. Sabendo o que eu fiz. E a mágoa de você se junta a mágoa de mim mesma.
Mas vai passar. Por que fiquei com o melhor de mim.
Eu vou me pedir perdão todos os dias e vou cumprir todas as promessas que fiz a mim mesma.
Amanhã vou acordar e fazer o que faço todos os dias desde que cansei… Vou sorrir… E vai ser cada vez mais verdade.

 

Siga Clara Stark também no facebook.com/sempreclara/

 

*Photo credit: Rafa Machado Photography via Visual Hunt / CC BY

**clique no perfil da autora para visualizar mais textos.  Boa leitura!!!

Clara é escritora, divorciada, mãe, apaixonada, feliz. O seu maior prazer é deixar as palavras brincarem na sua cabeça e assumirem o controle. Recomeça todos os dias, se equilibrando em mágoas e amores.