Está na hora de ter orgasmo, meu bem!

Homens e mulheres não “dão orgasmo” a mulher nenhuma, podem ser um interessante veículo para te ajudar a atingí-lo, mas quem tem orgasmo é você.

orgasmo
Photo by Darius Bashar on Unsplash

Segundo o último grande levantamento sobre o comportamento sexual dos brasileiros realizado pelo Prosex, com 3000 participantes, cerca de 50% das mulheres brasileiras não atingem ou tem dificuldade de ter orgasmo nas relações sexuais. Os dados assustam: 67% das entrevistadas responderam que tem dificuldade de se excitar e 59% sentem dor na relação sexual.

Na maior parte das vezes o problema está na falta de conhecimento sobre o corpo, sobre a resposta sexual, a repressão sexual feminina e uma relação sexual pobre em exploração corporal, focada na penetração.

A maior parte das mulheres tem orgasmo com mais facilidade através da estimulação clitoriana. Muitas de nós não chega ao orgasmo só com penetração, até pq o canal vaginal não tem tantas terminações nervosas, o que facilita a excitação e portanto o orgasmo. Mas isso nós já sabemos, não é? E por que então continuam as mulheres se contentando com um sexo sem graça, quando não doloroso?

Em um texto lúcido e perturbador intitulado “O preço feminino do prazer masculino” (The female price of male plesure), Lili Loofbourow crítica de cultura da revista TheWeek.com sentecia: “as mulheres são socializadas para se sentirem desconfortáveis na maioria das vezes. E ignorar o desconforto”. Trocando em miúdos: mulheres sempre acham que precisam de muitas doses extras de coragem e auto-estima para dizer aos seus parceiros que ainda não estão excitadas, que gostam mais assim ou assado, que a penetração está muito violenta e nada interessante, que para gozar é preciso estimular o clitóris com a língua, com as mãos ou com um bom vibrador.

Se você, como tantas outras mulheres, amargou uma relação sexual medíocre nos últimos anos, aproveite que está se auto-descobrindo como mulher solteira de novo, e estabeleça um compromisso único, só com você. Homens e mulheres  não “dão orgasmo” a mulher nenhuma,  podem ser um interessante veículo para te ajudar a atingí-lo, mas quem tem orgasmo é você. Prova disso são as mulheres cujos parceiros investem no sexo oral feminino, e porque ela está com pensamentos na cabeça do tipo: “não me depilei”; “Será que minha vulva está cheirando mal?”; “tenho vergonha da minha genitália”; “tadinho, vai ficar cansado...” – não consegue relaxar para gozar. Pois é, relaxa e goza é uma expressão 100% verdadeira.

Portanto, além de investir na masturbação, para descobrir seu corpo, já chegue no sexo com um novo(a) parceiro(a) consciente de que, se você não contar o que gosta e negociar práticas, ritmos e afins, retomará o ciclo do sexo ruim, da mulher submetida que precisa fingir orgasmos para “enloquecer” os parceiros ou encurtar o tempo da relação.

Sugiro mesmo que estimule o próprio clitóris enquanto rolar a penetração, sem medo de ser feliz. Dependa de você e só então será independente o suficiente para construir com outro uma relação prazerosa.

Agora…se a pessoa achar tudo muito esquisito ou se incomodar, pense duas vezes antes de sair com ela de novo.


 

1 Projeto de Sexualidade da Universidade de São Paulo – Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP)

2 Disponível em: https://vejasp.abril.com.br/blog/sexo-e-a-cidade/pesquisa-da-usp-mostra-que-metade-das-mulheres-nao-chega-ao-orgasmo/

Disponível em: http://theweek.com/articles/749978/female-price-male-pleasure

 

Ana Canosa é psicóloga, especialista em educação sexual e terapia sexual. Tem atuação acadêmica, sendo coordenadora e docente em cursos de pós-graduação e é diretora de publicações da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana. Atende em consultório, ministra cursos, aulas e palestras, assina a coluna mensal Sexo Fácil na Revista VIP, tem livros publicados. Esteve à frente do programas de Tv SOS Casamento (SBT), do quadro Familia pede Socorro (SBT,) e do programa Escola para Maridos (FOX Life) e atualmente participa do quadro Beleza Renovada no Programa da Eliana (SBT). É apaixonada pelo tema do amor e da sexualidade e gosta muito do que faz. Como toda mulher da atualidade, tenta equilibrar tantas funções e ainda cuidar de si. Está em seu segundo casamento e é mãe de um garoto lindo, chamado Theo. www.anacanosa.com.br