Filtro de Barro

Eu já sabia que chegaria uma hora em que teria de escolher entre um e outro, e este momento se aproximava. Eram dois universos bem diferentes e distantes, minha dúvida era tão grande que eu já pensava em desistir dos dois e acabar logo com essa minha enrolação.

filtro de barro

Eu tinha um filtro de barro. Quem tem, sabe e vivencia a tarefa de estar atento aos movimentos de sua maré interna. Vai, volta, enche, esvazia…

Numa época, estava conhecendo dois camaradas e organizava a agenda dos dias cuidadosamente para não coincidir os encontros em casa. As conversas geralmente se iniciavam na cozinha e ficávamos por ali, preparando algo para comer e curtindo um sonzinho. 

Eu já sabia que chegaria uma hora em que teria de escolher entre um e outro, e este momento se aproximava. Eram dois universos bem diferentes e distantes, minha dúvida era tão grande que eu já pensava em desistir dos dois e acabar logo com essa minha enrolação.

Eis que, na mesma semana, acontece o seguinte:

CENA 1: em meio à conversa, o amigo abre o armário, pega um copo, o posiciona debaixo do filtro, abre a torneira e se dá conta de que está vazio. Ele me olha, senta-se novamente e me diz: “ah, acabou a água”.

CENA 2: em meio à conversa, o amigo abre o armário, pega um copo, o posiciona debaixo do filtro, abre a torneira e se dá conta de que está vazio. Ele me olha, pede licença, agarra o filtro e o coloca debaixo da torneira sobre a pia, aguarda com um sorriso e o devolve à mesa. Senta-se novamente e me diz: “pronto, agora você tem água filtrada”.

Acabaram-se as minhas dúvidas.

Conheça mais do trabalho da artista plástica Camila Morita

Link do trabalho www.flickr.com/camilamorita

Instagram: @moritacamila

Camila Morita é formada em Arquitetura e Cenografia e dedica-se à ilustração e pintura desde 2007. Sua obra passa por várias fases e representa cada circunstância marcante em sua vida, resultando em séries intimistas e com um plano de fundo onírico. Para complementar estes grafismos, utiliza de textos para concluir e reorganizar os próprios pensamentos e devaneios.