Interpretando os sinais masculinos

Mulher adora interpretar os sinais que os homens nos dão: é um fato. Quase nunca esses sinais têm o mesmo significado que nós damos a eles: outro fato.

food
Photo by Luísa Schetinger on Unsplash

 

Mulher adora interpretar os sinais que os homens nos dão: é um fato. Quase nunca esses sinais têm o mesmo significado que nós damos a eles: outro fato. No intuito de estabelecer alguma razoabilidade no jogo romântico, lá fui eu fazer extensas pesquisas em mesas de bar (considerando que eu não bebo, sim, meus dados são confiáveis).

Você adivinha o resumo da ópera? Lá vai: não interprete os sinais masculinos. Não faça isso, é pura perda de tempo. Não existe nenhuma lógica nos sinais que eles nos dão. Esses sinais e seus significados mudam conforme a direção dos ventos – nem mesmo essa comparação é precisa, porque ventos obedecem a leis físicas, razoáveis, compreensíveis, enquanto que os sinais que os homens nos dão…

Se ele te convidar para conhecer a mãe, por exemplo, isso não quer dizer rigorosamente nada. Talvez ele apenas precise pegar alguma coisa na casa dela e ela more perto de você.

Se ele te levar para dormir na casa dele, isso também não quer dizer nada. Ele pode ter uma terrível insônia que se agrava em lençóis estranhos e, em nome do sexo pela manhã, resolveu te levar para o ninho dele.

Atender o celular no viva voz do carro não significa coisa alguma. O gajo pode abortar ligações suspeitas, além disso, talvez ele esteja tranquilo porque a outra foi para a Antártida colher amostras de gelo para a posteridade – ou será que a outra é você?

Os amigos dele saberem seu nome, repito, não quer dizer nada. Desde a estagiária que ele traçou no carro após uma festa da empresa até sua ex-noiva, a todas os amigos dele podem conhecer pelo nome e, se bobear, até pelo sobrenome. Se houver duas ou mais Andréas, você pode ser conhecida pelo seu nome completo, não porque ele te ama, mas porque, além de você, existem a Andréa Pinheiro Lima, a Andréia Murtosa e a Andréa Motta Mello.

Te mandar uma música romântica e depois colocar em destaque no WhatsApp ou no Twitter um trecho dessa canção não significa nada. Ele pode ter mandado a mesma música para dez mulheres e agora agrada todas de uma vez.

Só tem uma coisa que, ao que tudo indica, parece ser um sinal de significado incontestável. Se ele te der comida na boca, prepare-se: você vai levar um fora. Quando o homem fica te oferecendo tudo o que ele come, se ele faz questão de te inflar com mimos gordurosos, se ele olha meio sem graça para você e estende o Ovomaltine com cara de “tome, por favor, tome”, seus dias estão contados. Ele não sabe o que fazer com você e, na falta de colhões para lhe dar o fora, te estende um pedaço de torta de limão ou uma garfada de carpaccio. Estou errada, você diria, afinal, no clássico filme 9 1/2 semanas de amor, Mickey Rourke enche Kim Basinger de comida por pura safadeza. É, safadeza e… antecipação de um chá de sumiço, afinal, um cara transar com você sem tirar o sobretudo é sinal de que ele não quer se desnudar na sua frente, nem estabelecer qualquer tipo de intimidade, não quer se entregar e… oh, não, estou interpretando os sinais de novo!

 

Stella Florence é escritora, autora dos sucessos "Loucura de Estimação", “Os Indecentes”, "Eu me possuo" entre outros livros que tratam do universo feminino. Stella é cronista veterana e parceira do Exnap! www.stellaflorence.net