Mindful eating: comer com atenção plena

É neste cenário que se encaixa o “comer com atenção plena”, que busca pela reconexão do indivíduo com a comida e o corpo, a partir de 7 princípios: não julgamento, paciência, mente de principiante, confiança, não resistência, aceitação e desapego

nutri
Photo by Pablo Merchán Montes on Unsplash

Em meio aos avanços tecnológicos e novas descobertas científicas, o ritmo do mundo mudou: hoje em dia tudo parece ser (ou precisar ser) mais rápido que o tempo real. Dormir virou luxo, não pegar pelo menos 1 hora de trânsito então, nem se fala. As pessoas estão muito mais conectadas ao mundo exterior e desconectadas de seus próprios interiores. Existe uma cobrança de produtividade cada vez maior e, para acompanhar esse ritmo, o caminho mais fácil, aparentemente, é abrir mão dsaúde, do bem-estar, da rotina, do auto cuidado e, principalmente, da alimentação. 

Hoje em dia é muito fácil observar pessoas na rua comendo de forma rápida (afinal, precisam voltar logo ao trabalho!), sem atenção, sem nenhum vínculo com a comida, sem prazer. Além disso, nos últimos anos vêm nascendo e se difundindo cada vez mais uma visão reducionista da nutrição, onde as calorias são mais importantes que o alimento em si, o foco são os nutrientes, esquecendo outros fatores determinantes do comportamento alimentar: o que, como, onde, com quem, por que, quando come.

É neste cenário que se encaixa o “comer com atenção plena”, que busca pela reconexão do indivíduo com a comida e o corpo, a partir de 7 princípios: não julgamento, paciência, mente de principiante, confiança, não resistência, aceitação e desapego. De acordo com o Center for MindfulEatingcomer mindful é:

– Contemplar o ritual de comer de forma presente, conectando os estímulos emitidos pelo alimento aos seus sentimentos;

– Perceber as oportunidades positivas e afetivas que estão disponíveis desde a seleção e o preparo dos alimentos, respeitando sua sabedoria interior;

– Usar todos os seus sentidos na escolha do que comer para que seja gratificante para você e nutritivo para o seu corpo;

– Reconhecer respostas aos alimentos sem julgamentos;

– Respeitar a fome e a saciedade para guiar suas decisões de começar e parar de comer; 

– Buscar escolhas alimentares que tragam satisfação e prazer;

– Comer com todos os seus sentidos.

Graduada pela universidade Federal do estado do RJ Uni Rio e termino na universidade Anhembi Morumbi - SP // Pos graduada em Nutrição Clínica Funcional em 2003 pelo Centro Valeria Paschoal // especialista em Transtornos Alimentares pela UNIFESP departamento de psiquiatria PROATA // Pos graduada em Estetica avançada e cosmetologia pela universidade Anhembi Morumbi // Pos graduada em fitoterapia Integrativa em Nutrição pela faculdade FAMATEC // professora da Pos graduação da UNIP - RN // membro do instituto de nutrição clínica funcional //Pós graduanda em Nutrição Materno Infantil com visão ortomolecular na FAPES// responsável científica e proprietária da clínica Andrezza Botelho - Nutrição inteligente em SP