Reflexões de um homem.

Homens têm a necessidade de mostrar a todos, principalmente a ex, os amigos e a família, que conquistou uma mais bonita, mais nova, mais gostosa.

man-looking-at-lake-and-mountains (1)

Conversando com uma amiga sobre a dificuldade dos homens divorciados viverem sozinhos ou esperarem com relativa tranquilidade que “apareça” aquela mulher que ele vai conhecer, conviver e dizer: “é essa!”, me fez pensar que isso é uma patologia masculina.
Homens têm a necessidade de mostrar a todos, principalmente a ex, os amigos e a família, que conquistou uma mais bonita, mais nova, mais gostosa.

Imaturos que somos em grande maioria, idealizamos a mulher ideal que queremos exibir e possuir, se der a “sorte” de ser correspondido por uma paixão ou qualquer outro interesse dela teremos o prazer de ser amados por nós mesmos. É quase como um personagem que criamos, projetamos e achamos que amamos. Não sabemos quem é aquela mulher, simplesmente projetamos nela, nossa imaturidade.

Precisamos crescer, aprender o sentido da liberdade, entender que os encontros amorosos são possíveis e inesperados, tentar esquecer os paradigmas de idade e a ideia da morte trabalhando de alguma forma em nossa cabeça que nosso dia vai chegar….estou tentando, garanto.

Gustavo é comerciante, 58 anos, divorciado, pai, procurando esquecer as regras e encontrar um novo caminho.