Renove suas lembranças.

Reconciliar com a própria história é viver bem com você mesmo. Vamos deixar a bagagem mais leve.

332258994_f67d02f8df

Esquece o passado!

Quantas vezes já ouviu isso?
Como esquecer algo que foi importante na sua vida, que faz parte da sua história?
A lembrança sempre estará presente, fugir dela pode ser o caminho muito sofrido, e no dia a dia só você sabe o quanto isso é difícil.
O passado faz parte da nossa história, não tem jeito, é um pouco de nós.
Mesmo decidida a esquecer no dia a dia percebemos como é difícil.
Mas, é possível superar essas lembranças constantes na nossa memória.
Nossa memória está intimamente ligada ao emocional, por esse motivo quando lembramos algo a emoção vem com tudo.
Também está ligada aos nossos sentidos. Não tem aquele cheiro que te faz lembrar um momento? Cheiro de pipoca te lembra de quê? Nem todos respondem “cineminha” ou “aquele filme especial”. Há quem associe cheiro de pipoca a um momento ruim e após este momento nem gosta mais de pipoca.
Mas, ela gostava tanto de pipoca! Pois é, a pipoca remete ao um evento ruim que ela teve que “engolir”.
Por que não fazer as pazes com a pipoca? Parece papo de doido, mas, calma… A ideia aqui é entender a pipoca como um exemplo de associações de eventos ruins dos quais, muitas vezes, nos impedem de seguir a vida. Então vamos lá.
Junte as amigas, coloca aquele filme muito legal, pipoca, suco e guaraná. Outra experiência com a pipoca. E repete outras experiências boas com pipoca, até que o cheiro de pipoca não seja mais associado àquela lembrança ruim.
Para esse movimento acontecer é preciso ter a decisão de mudança. Deve querer trazer um novo sentido para vida, afinal, exige um esforço, é preciso enfrentar aquela repulsa pelo cheiro da pipoca.
Claro que o momento ruim ainda existe na memória, mas o cheiro de pipoca já tem outras associações positivas. Esse é um passo. A caminhada ocorre com um passo de cada vez.
Outro exercício que pode ajudar é procurar olhar para esse evento negativo de outras formas, re-significar. Dar outro sentido torna-lo mais leve. Você errou? Não se cobre tanto, entenda que naquele momento você não tem a maturidade de hoje, que há uma série de eventos anteriores que contribuíram para aquele seu erro. Não se cobre tanto. Faça as pazes com você do passado para você seguir mais leve no presente.
Eu proponho você a tentar fazer com que essas memórias que trazem sofrimento sejam vista de outra forma. Você precisará lidar com elas então vamos tentar olhar para o que estas memórias com outros óculos. É difícil sim, mas não é impossível.
Reconciliar com a própria história é viver bem com você mesmo. Vamos deixar a bagagem mais leve.

 

 

Blog: http://joycepsicologa.blogspot.com.br/

Psicóloga. Ama conhecer histórias. Ama mais ainda presenciar mudanças positivas nas pessoas. Gosta de estudar o comportamento humano, especialmente, relacionamentos amorosos. Contato: joycesouza.psico@gmail.com. Blog: http://joycepsicologa.blogspot.com.br/