Você foi a minha alma gêmea, mas eu não fui a sua

Contarei sobre você. Do meu amor louco por você... Dos encontros que não ocorreram.

girls-boys-girl

Fico curiosa quando me imagino na velhice… O que eu vou ter para mostrar para o mundo? Experiências o suficiente para ajudar outros? Filhos até, quem sabe… Netos?

Quando vierem me buscar no aeroporto irei sentar no banco de trás.  Assim conseguirei observar tudo ao meu redor.  Vou sentir uma vontade imensa de abraçar o banco da frente, como eu sempre fiz… Mas vou me controlar.  E depois de um tempo vou contar para os meus netos sobre as minhas aulas de etiqueta. Como eu tive que me segurar inúmeras e inúmeras vezes. Mas aprendi a ser feliz. Tenho dinheiro no banco e ajudo os meus filhos quando posso. Meus pais, não estão mais aqui comigo. E eu sinto tanta falta deles… Saudade de ligar para a minha mãe a noite e ficar falando sobre vários nadas, e ouvindo ela me contar sobre o pé dela que está doendo porque bebeu demais e acabou caindo. Ou quando eu dizia qualquer coisa e ela parecia me entender com um olhar.

Também sinto saudades de meu pai… Quando ficávamos a noite observando as estrelas e o movimento da raposo enquanto ele tocava. Ou de quando ele não parava de me fazer perguntas só porque queria que eu melhorasse. Ou daquele dia que me ensinou a tocar violão e olhava orgulhoso, mas não dizia nada…

São tempos que não voltam, mas tenho cada detalhe aqui, comigo.

Contarei sobre você. Do meu amor louco por você… Dos encontros que não ocorreram. Mas que eu tenho cada um imaginado aqui, dentro de mim.

E eu nunca te esqueci, como poderia? Como esquecer de quem ainda tá aqui dentro? Mesmo depois de todos esses anos, eu penso em você. Não com tanta frequência, mas o ser humano tem uma tendência a ter foco naquilo que não tem como acontecer. Espero que tenha casado, que tenha tido filhos. Que tenha encontrado o amor da sua vida.

Mas também quero que tenha em mente que comigo poderia ter sido muito melhor. Eu gostava demais de você. Mas eu mudei de país, e você também. Não tínhamos amigos em comum. Nem interesses. O sentimento ficou encostado em um canto tão escondido que cheguei a acreditar que tinha esquecido de você. Ilusão…

Outro dia minha neta abriu o meu e-mail e mostrou todas as fotos que eu tinha salvado. E as suas fotos estavam intactas. As conversas continuavam lá. E eu me senti tão estupida por ainda sentir… Pensei em te ligar. Mas mudei de número e de coração.

E você deveria estar no Japão. Internet? Pra que? Sou velha mas ainda te sinto. Mesmo depois de sofrer tudo o que sofri. E ter passado tudo o que eu passei. Eu ainda prefiro o silêncio quando existe você envolvido. E sempre vai ser assim…

Você foi a minha alma gêmea, mas eu não fui a sua.

Yasmin escreve poemas em formas de textos, ou textos em forma de poemas. Aquariana vivendo um romance (ou quase um romance), tem pouca idade mas já viu tanta coisa por aí... (e sabe que o mundo lhe reserva muito mais).